Só falta você!

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Os Animais





Depois de um post sobre amor, apresento-lhes um tema também relacionado à este, afinal os animais são seres tão amáveis quanto os humanos.

Existem várias "modalidades" de animais na sociedade moderna, onde uns são considerados domesticáveis e outros nem tanto. Bom, independente das classificações os animais possuem suas funções fundamentais para sobrevivência da natureza.

O ser humano também é um ser animal, porém sua característica principal para a diferenciação entre todos os outros animais da natureza é a sua capacidade de raciocinar. Entretanto, é um equívoco pensar que os outros animais sejam estúpidos, paradoxalmente os homens é que demonstram estupidez aos montes, agredindo uns aos outros gratuitamente, como se não tivessem a simples condição de falar, sendo que o mesmo ocorre entre os outros animais, mas que é aceitável entre animais que não raciocinam e que tampouco trocam palavras. Realmente, o bicho o homem consegue fazer jus ao bicho que é, e muitas vezes não raciocina.

O mesmo homem que não raciocina e por isso agride e até mata a si mesmo cotidianamente, come os animais cotidianamente, enquanto os animais irracionais apenas obedecem a sua natureza e comem outros animais somente por necessidade de sobrevivência. Não me diga agora que todos os humanos só comem animais para sobreviver! Raciocine comigo, você precisa comer carne animal para sobreviver? Claro que não! É por esta razão que existem vegetarianos e afins crescendo a cada dia.

Os animais sendo eles domésticos ou não são amáveis, mais do que isso eles amam incondicionalmente, sem pedir nada em troca além de carinho. Ao passo que amar o ser humano é mais complexo, uma vez que normalmente se quer algo em troca. Inclusive, digo que os animais apesar de irracionais são mais confiáveis do que o bicho homem.


Os animais são equivalentes as crianças humanas, parece que os animais irracionais não crescem. Portanto, qualquer mal praticado contra eles é o mesmo que praticar contra uma criança humana, visto que ambos não têm consciência real da vida e são indefesos.


Por fim, não tenho intuito de deixar uma mensagem melancólica, mas a que devemos respeitar mais os animais que são tão importantes como nós. Caso você ainda não tenha um animal, adote um e aprenda e seja feliz a cada dia com ele.

sábado, 24 de dezembro de 2011

O Amor





É difícil expressar qualquer sentimento em palavras, ainda mais um sentimento tão grandioso quanto o amor. Mas de qualquer forma vou tentar ao menos falar sobre as suas vertentes.


O amor não se limita ao sexo oposto, na realidade ele é muito mais do que isso. Existem várias modalidades de amor, inclusive fala-se muito a respeito do amor ágape, que seria uma espécie de amor puro, que não exige retribuição, mas o que eu penso de amor é exatamente isso. Daí fica claro que o verdadeiro amor não é simples, admito a dificuldade que é por exemplo amar quem não nos ama, e pior ainda os que nos odeiam. Porém, está é a maior demonstração de amor possível, ou seja, amar quem nos odeia.


O verdadeiro amor não têm preconceitos, ele se estende a quaisquer seres, humanos ou animais. Não pense ser um exagero amar os animais, pois eles também podem nos amar, então a pergunta é por que não podemos amar quem nos ama? Mas lembre-se ame quem tem capacidade de amar, e não coisas como objetos.


O amor é pessoal, cada um ama do seu jeito, não existe um manual que possamos consultar e saber como amar, mas eu defendo a ideia de espalhar o amor, pois só geram benefícios para si e para os outros. Independente de não haver formas pré-definidas para se amar, posso lhe dizer que não retraia todo amor para dentro de si, distribua-o das formas mais diversas possíveis como dizer eu te amo paras as pessoas que você ama, não deixe isso pra depois.


Um coração quando ocupado por sentimentos de amor não dá espaço para sentimentos ruins, portanto o amor também funciona como um filtro.


Bem, é fato que o mundo atravessa uma crise moral, e infelizmente não para por aí. Da mesma forma que o mundo carece de moral, o mundo também sofre com a ausência de amor. Falta amor um pelo outro, e isso explica tamanha violência, brutalidade, grosseria e desumanidade entre as pessoas. Tudo isso se dá devido a falta de amor do indivíduo com ele mesmo, isto é, quem não ama a si próprio não pode amar mais ninguém.


Também temos de respeitar uma "ordem" para amar, sendo que o amor começa por você mesmo, é impossível amar alguém sem antes amar a si próprio. Primeiramente ame a você mesmo, e depois fica fácil passar adiante a mesma paixão que você tem por si para os outros. 


O amor é o poder supremo, nada pode ser mais importante do que ele. O amor é a maior fonte de vida existente, ele é quem faz cada pessoa mover-se todos os dias.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

As Relações Humanas





As relações humanas se dão devido a diversos motivos, a vários interesses. É bem verdade que todo ser humano tem a necessidade de relacionar-se com os outros para ser feliz, e este é o maior interesse que se possa ter.


Bem, o que ocorre muito nas relações humanas é a hipocrisia. A hipocrisia é a regra básica utilizada por quem pretende manter a relação viva, porém com ela não pode-se fazer da relação algo totalmente aberto. Então, essa regra básica que poderia definir-se como "hipocrisia relacional" é desvantajosa nesse sentido, ou seja, a hipocrisia usualmente utilizada pode até salvar as relações, mas em contrapartida ela torna falsas ambas as pessoas que se sujeitam ao ato.


Então, são muito complexos os interesses que existem por detrás das relações, ficando impossível solucionar neste exato momento os variados tipos de relações, mas ainda posso chamar a atenção aqui e agora para a questão da hipocrisia que é vulgarmente usada pelas pessoas, sendo que nem sempre é necessário tamanha falsidade.


Se a hipocrisia de um lado é uma regra para manterem ativas as relações entre os seres humanos, do outro podemos colocar uma outra regra chamada de franqueza. Não devemos temer a perda de uma relação seja ela de amizade, enfim, seja ela qual for devemos ser sinceros conosco mesmo e com o parceiro, isto é, devemos agir naturalmente tal como realmente somos, não é correto sacrificar a nossa verdadeira personalidade escondendo-a para mantermos algo que não é real, verdadeiro, algo que não existe.


Impondo sua personalidade verdadeira, isto é, o que você é, poderá resultar na perda de amizades por exemplo, mas somente as amizades que antes eram falsas, e que portanto de nada valiam, e também poderá garantir novas amizades, sendo estas verdadeiras, ou seja, que possui afinidade com sua real personalidade, e que portanto esta sim é verdadeira.


Não vale a pena esconder-se dos outros porque estes possivelmente não aceitarão sua personalidade e viver uma hipocrisia relacional. O que vale realmente a pena é ser você mesmo e estar ao lado de pessoas como você.

domingo, 18 de dezembro de 2011

Um Paralelo entre Consciência e Caráter





As pessoas chamam de "consciência" aquilo que nós tomamos como responsabilidade, isto é, se diz um sujeito de princípios aquele que possui consciência. Mas eu não acredito que a consciência seja o termo mais adequado.


Veja, a consciência em sua definição é a noção que se passa em nós; como ter consciência de nossos deveres. Então, esse é ponto equivocado, significando que para termos consciência devemos antes ter noção, ou seja, a "consciência" assim tratada abre uma margem de erros, dando aos indivíduos uma possibilidade de justificação para a sua falta de consciência, exatamente pela falta de noção que este possa ter. De modo mais prático quero dizer que o sujeito considerado "inconsciente" por não respeitar os valores morais, pode alegar que  não tem conhecimento do mal existente, isto é, não tem "consciência" e que portanto não poderia fazer nada.


Para quebrar este tipo de margem de erro devemos utilizar o termo correto que seria o "bom caráter". O indivíduo que possui bom caráter depende unicamente dele próprio para ser assim, trata-se de uma escolha sem meio termo, você pode ser bom ou mal caráter.


A pessoa que escolhe ser de bom caráter escolhe ser uma pessoa de valores, e que os respeitará até o último suspiro, esta é a característica principal do indivíduo bom caráter. Embutido nesses valores está uma base para todos os outros que se chama "moral", que é a partir dela  que o indivíduo se sustentará. 


A partir disso podemos discernir uma coisa da outra, e saber que as pessoas geralmente chamadas de "conscientes", por fazerem e se preocuparem com os problemas de interesse universal, são mais do que isso, são na verdade pessoas que escolheram agir de acordo com o bom caráter, enquanto a consciência é apenas uma noção inicial das situações, que obrigatoriamente adquirimos em vida. Então, todos temos noção das coisas a princípio, porém o que vai fazer de nós bom ou mal caráter serão as atitudes que tomaremos depois de ter conhecimento.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

O Sucesso





Ah! O tão cobiçado sucesso. Mas afinal o que é o sucesso? 

O sucesso é inerente ao ser humano, não adianta negar a sua ambição, pois seria o mesmo que negar a verdade, porém o que varia de pessoa para pessoa são os objetivos que representam sucesso. Então o sucesso é aceito como puramente pessoal, ou seja, cada indivíduo deseja alcançar o sucesso, sendo que este representa coisas distintas entre as pessoas.

É um equívoco pensar no sucesso como algo vaidoso, como já foi dito todas as pessoas querem obter êxito nas atividades que estão empenhadas inclusive as pessoas de caráter vaidoso, que de acordo com suas vaidades ostentarão o seu sucesso, quer dizer, eles certamente vão se gabar disso. Portanto o sucesso não é fama e tampouco dinheiro, ele é basicamente um êxito que se obtém nas atividades que desempenhamos, êxito que se dá por conclusão do objetivo que foi previamente traçado.  

Outra coisa que ocorre com o sucesso é que ele não depende necessariamente do próprio indivíduo para ser atingido, embora possam existir casos que numa determinada etapa rumo ao sucesso o indivíduo dependa unicamente dele próprio. Por outro lado, o sucesso depende de uma série de fatores, inclusivamente a sorte, o que não deve ser interpretado como algo totalmente independente de nós, até porque que se nós queremos chegar ao sucesso, ao invés de esperarmos que a sorte nos ajude nós iremos fazer o que for possível para tê-lo.


Existe também uma relação entre sucesso e felicidade, que são coisas semelhantes. Todo sucesso traz felicidade ao indivíduo, e a própria felicidade é um sucesso. Mas, a felicidade que vem do sucesso é temporária, muitas vezes curta demais, até porque o sucesso é temporário, então ocorre que depois de vencer o desafio que é alcançar o sucesso, vem um outro desafio que é mantê-lo, ou seja, depois de você ter lutado tanto para tê-lo você terá de lutar mais ainda para continuar com ele.


Por falar em manutenção de sucesso, todos as pessoas que tomamos conhecimento de que tiveram sucesso durante a vida e hoje não tem mais, são exemplos de que não houve um cuidado por parte dessas pessoas, isto é, elas não souberam manter-se com sucesso. Portanto, o sucesso pode ser definido como um degrau de uma longa escada, sendo que cada degrau avançado é o mesmo que cada sucesso obtido na vida. E tome cuidado para não tropeçar e acabar regredindo os degraus pelos quais você já havia passado.

Por fim, posso lhes dizer que o meu sucesso é uma variante, ele na verdade é uma sequência lógica, ou seja, eu mudando a vida das pessoas para melhor sobretudo as que merecem e que precisam de ajuda, eu atingirei o meu sucesso. Assim sendo, o meu sucesso significa o sucesso das pessoas boas.


Desejo-lhes muitas energias positivas, para que elas possam ser usadas no trajeto do sucesso, principalmente faça por merecer tudo aquilo que você conquista. É claro que também ocorrerá o oposto, os insucessos, mas o segredo é não se frustrar, pois se você se frustra muito é sinal de que você tenta muito. 

sábado, 10 de dezembro de 2011

Confissão de um revolucionário





Em toda minha vida eu me senti diferente da maioria das pessoas. Principalmente nos aspectos comuns, como os dogmas que são tipicamente seguidos pelas pessoas que pensam feito escravos.

O que ocorre na verdade com as pessoas "diferentes" é que elas não são criadas para serem assim, ou seja, não formam-se gênios em escolas, em grandes famílias, ou em grandes países, mas eles insistentemente surgem simplesmente do nada para todo o mundo.

Não obstante, eu não estudei em uma boa escola e não nasci em uma família estruturada, portanto eu pertenço ao grupo que vem do nada, porém existem inúmeros gênios que vem de famílias aristocratas oriundas dos grandes centros de filosofia e ciências do mundo.

Não pense você que eu seja insolente ao dizer que sou um gênio, até porque na realidade não é tão difícil assim ser genial, é muito simples - Para ser um gênio basta ter ideias geniais. Sem contar que muitas das pessoas não reconhecem a genialidade dos outros, pois essas pessoas são ignorantes para entender as façanhas realizadas pelos gênios que muitas vezes podem estar ali ao lado delas, e por essa razão acabam não se interessando e menos ainda sabendo reconhecer feitos e ideias incríveis. Então, nada mais justo e relevante para o revolucionário é dizer: sim, eu sou um gênio.

Os mesmos ignorantes que não se interessam pelos indivíduos gênios discordam da suas teses novas, isso se dá fundamentalmente porque tudo que é novo causa estranhamento, sobretudo aos que pensam fixamente numa única forma de ideia. Também não estou aqui para choramingar aos indivíduos ignorantes pedindo mais respeito aos grandes seres da humanidade, quem perde nesta história são os próprios sujeitos que não entendem as coisas novas e seguem vivendo suas vidas como escravos sem mesmo ter consciência disso.

O mais pragmático pode apontar e falar que os gênios são apenas teóricos, mas são eles, os gênios que juntos e de modo revolucionário através de suas obras sejam literárias ou de outros tipos que mudam o mundo a longo prazo, traçando as suas formas de como ele será no futuro.

O mundo se divide em duas partes, a dos que pensam iguais, e vivem apenas para o modo de vida definido pelos outros sem questionar nada, inclusive o fato de ser escravizado, estas pessoas constituem a maioria, e a minoria é dos indivíduos geniais, opostamente estes dispõem de uma visão real das coisas e sabe distinguir o verdadeiro conhecimento.

Não há segredo para ser gênio, porém mesmo assim é uma minoria a "população" de pessoas geniais, pelo menos temos pouco conhecimento deles, pois a sociedade como um todo principalmente entre os poderosos que temem novas ideias, dentre elas a de destroná-los, então acontece uma conspiração social contra as ideias revolucionárias, ao invés de serem acolhidas como pedras preciosas acaba ocorrendo o contrário, um exemplo prático é quando abrimos o jornal ou a televisão que são dois meios de informação fácil, estes geralmente transmitem besteiras e inutilidades a sociedade, e assim completa-se mais um ciclo de desperdício de talentos.


As principais características de um gênio são: liderança, inovação, ser livre de quaisquer níveis de preconceitos, senso crítico, ousadia e sabedoria.

Então meus amigos, todos nós devemos aos gênios que durante toda a história mudaram o mundo para melhor, se hoje temos algum resquício de liberdade, foi devido ao revolucionários, toda e qualquer mudança só se consumou devido aos grandes gênios que com seus pensamentos diferentes e até mesmo mirabolantes ao ver das pessoas comuns, mas que em épocas distintas desafiaram o mundo. 

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

A Rede Globo





A quarta maior emissora de televisão do mundo, e não por acaso a Rede Globo é sinônimo de boa qualidade ao que se refere a televisão, utilizando-se do seus ótimos recursos de produção para garantir sua audiência majoritária. Até mesmo para os seus concorrentes é fácil assumir o padrão de qualidade que a Globo possui.


Bem como todas as coisas a Rede Globo não é perfeita, distante disso a emissora assumidamente já manipulou debates políticos, e até mesmo reportagens a seu favor, sendo que existem rumores de que ela até já apoiou a ditadura militar, e também de que adquiriu irregularmente grandes terrenos para a construção de suas bases. Enfim, são muitas coisas sujas que a envolvem, porém é reconhecível que a Globo está há muitos em evidência, e a desvantagem disso é que exatamente por estar no topo ela se torna alvo principal das que estão por baixo. Isto vale para quaisquer coisas, toda coisa que destaca-se mais consequentemente recebe mais críticas sendo estas justas ou não.


Particularmente posso dizer que assisto a Globo, isto porque é inegável a qualidade da maioria dos programas que compõe a sua grade. Porém, estou sempre atento para não cair nas supostas enganações que ela pode cometer de acordo com os seus próprios interesses.


Também é verdade que os telespectadores como eu que mesmo sabendo que a Globo pode estar manipulando algo, só continua assistindo-a devido a falta de opção entre os outros canais. Então, é culpa dos concorrentes que muitas vezes não produzem algo melhor do que ela. Salvo que também assisto programas de outros canais, mas as outras emissoras possuem apenas alguns bons programas isoladamente.


Para os profissionais da Globo como os jornalistas, atores e etc. Digo que se você for um jornalista é claro que o auge de sua carreira é trabalhar na Globo, assim como o ator que deseja ardentemente um contrato com a emissora, o que para ambos não só garante os melhores salários da televisão, mas também o prestígio de estar na melhor emissora do país. Tanto é que quando ocorre desses jornalistas ou atores saírem da Globo eles estão com um emprego garantido em uma das outras emissoras, quer dizer as outras emissoras contratam exclusivamente pelo fato do indivíduo ter sido da Globo, sendo que este chega na outra a peso de ouro.


Mas a minha crítica vai não somente para os "pequenos" profissionais da Globo que por exemplo numa reportagem o repórter global aceita a manipulação da mesma traindo assim os princípios jornalísticos, sobretudo os espectadores que assistem. Sem esquecer das faces ocultas da Rede Globo, ou seja, os verdadeiros "chefes" que estão por trás das câmeras, que são estes quem determinam o que deve ou não ser manipulado.


O meu conselho não é o de que deixem de assistir a Globo, até porque nem eu mesmo deixei de assistir, afinal ela têm as melhores opções da televisão brasileira. Mas o meu conselho é o de que evite assistir muita televisão, apesar deste texto eu vejo pouco, eu assisto principalmente os telejornais e programas de entrevistas. Existem outras formas de passar o tempo livre e ganhar cultura ao mesmo tempo como ler livros, isto é, estar sempre lendo não somente para praticar a leitura, mas também para saber mais sobre coisas até então novas.


Por fim, peço-lhes que tomem cuidado para não cair em uma das tramoias globais.

domingo, 4 de dezembro de 2011

O Povo clama: Corinthians Pentacampeão!!!!!





Finalmente o meu, o nosso Corinthians pôde gritar, clamar, berrar... É com muito orgulho que faço esta postagem especial, exatamente no dia em que o povo foi campeão e desafortunadamente o grande personagem Sócrates(o brasileiro) veio a falecer.  


Bem, farei pois então minhas as palavras emitidas tantas vezes por Sócrates que foi o maior porta-voz do time do povo, que dizia: "O Corinthians é mais do que um clube de futebol, o Corinthians é o time povo, um povo que não têm voz política e socialmente."


Então, quer dizer que não se trata de mero entretenimento, quando o Corinthians ganha consequentemente o povo vence. Numa partida quando o Corinthians estufa as redes do gol, não significa apenas que o timão fez um gol, mas quer dizer que os mais de 30 milhões de corintianos passaram a energia suficiente para que o ato futebolístico se convertesse em gol. O mesmo ocorre quando a bola adversária não entra, ou seja, nós atacamos "telepaticamente" o campo de defesa dos equivocados, e também defendemos quando precisamos, tirando aquela bola aparentemente indefensável que teimava em adentrar as nossas redes.


O Sport Club Corinthians Paulista não é só paulista, tampouco gringo, ele é brasileiro. O Corinthians não pertence a qualquer um, mas somente aos que se orgulham de ser o que Deus o fez ser.


Portanto, eu não amo o Corinthians, eu amo esse povo maravilhoso que são denominados de Nação Corintiana. 


Ao grande porta-voz Sócrates, falecido neste dia especial, não só pela conquista do quinto título brasileiro, mas porque uma força desconhecida escolheu levá-lo exatamente neste dia para que ele comemorasse junto a eles. Sócrates, seja onde quer que esteja parabéns e obrigado por ser um jogador e político exemplar.


Agora é hora de comemorar, chega de tristeza para um povo que mesmo abandonado pelo poder público, sabe sorrir, e sorrir como nestes momentos de glória. Largados em favelas, nós gritamos para os bairros nobres: "É festa na favelaaa!". Aos equivocados: "Aqui têm um bando de loucos, loucos por ti Corinthians, àqueles que acham que é pouco, eu vivo por ti Corinthians..."


É Penta, é penta, é penta, é penta, é penta!!!!!